Como youtuber ganha dinheiro com parcerias pagas

28 de junho de 2016

Como o youtuber ganha dinheiro com parcerias pagas

“Qual sua profissão? Youtuber.”

Sim, ser criador de conteúdo do YouTube é profissão sim: dá trabalho, dá dinheiro, logo, é uma carreira. Mas além da remuneração pelos anúncios veiculados no canal o youtuber acaba tendo outras oportunidades para elaborar sua renda mensal: são as parcerias pagas.

O criador constrói uma audiência e desenvolve uma relação com ela, o que se torna um diferencial que classifica ele como influenciador. Existe todo um público em torno do canal, que se interessa pelo o que ele tem a dizer. Ter uma pessoa como essa anunciando um produto tem seu valor.

:: Leia também: Por que investir no YouTube? ::

As marcas viram o potencial do YouTube e de seus criadores A estratégia de usar os youtubers em campanhas tem dado certo e se tornado cada vez mais recorrente. Um exemplo disto é que, no final de 2015, as três maiores operadoras de telefonia móvel do país escolheram youtubers para estrelar seus comerciais, com ações na plataforma de vídeos, em outras redes sociais e nas mídias offline.

É claro que não basta postar vídeos na plataforma para ser chamado por uma marca para uma parceria paga. É preciso ter uma frequência de postagem de vídeos, tendo desenvolvido uma audiência, com um número relevantes de visualizações, retenção nos vídeos e inscritos no canal. Ou seja, tem que levar a sério e trabalhar duro para chegar lá.

:: Leia também: Como funciona a monetização no YouTube ::

A vantagem dos youtubers é essa capacidade deles de gerarem uma sensação de proximidade com o público e carregarem os fãs com eles. O canal funciona como uma vitrine, que pode expor produtos, falar de lançamentos, ou o próprio criador pode emprestar sua imagem para alguma campanha, dentro e fora da rede de streamings. O criador de conteúdo pode fazer três diferentes tipos de merchandising. O formato mais simples é o chamado Product Placement, em que o produto é apenas colocado no cenário ou usado durante o vídeo, sem que o youtuber fale dele, recebendo apenas para que apareça no vídeo. Pode ser, por exemplo, um dos ingredientes que o Rango ou o Micro Sobrevivência usam na receita do vídeo e que aparecem sobre a mesa, sem qualquer menção.

Outros modelos de parceria paga são o Spot e o Vídeo Especial. Para saber mais sobre elas, confira o capítulo completo no eBook Bota a Cara e Faz! É gratuito!

Download-Ebook-Bota-a-Cara-e-Faz

Bota a Cara e Faz eBook YouTube youtubers

ASSISTA AGORA

FIQUE POR DENTRO

Cadastre-se e receba conteúdo exclusivo da Dia Estúdio!

Copyright © 2017 Dia Produções
Todos os direitos reservados.